23 de ago de 2012

ATPC- 23/08


Trocas de experiências!!

Voltei louco pra contar:
Manhê! Tirei um dez
Na prova
Me dei bem, tirei um cem
E eu quero ver quem me reprova
Decorei toda a lição
Não errei nenhuma questão
Não aprendi nada de bom
Mas tirei dez
Quase tudo que aprendi
Amanhã eu já esqueci
Decorei, copiei, memorizei, mas não entendi
Quase tudo que aprendi,
amanhã eu já esqueci...

(Gabriel, o Pensador: Estudo errado)

Professores, depois  de um mês de aulas no 2º semestre, compartilhe alguma experiência em sala de aula, que está dando certo.


Eu e os colegas agradecemos as  contribuições.

PC Mara

9 comentários:

  1. Na primeira situação de aprendizagem da apostila volume 3 de L.P. do 6º ano uma das atividades propostas era de contar o final de uma história. Percebi que os alunos se empenharam muito em dar-lhe um desfecho que fosse interessante; então resolvi pedir para que lessem o seu final da história para toda a classe e tivemos gratas surpresas. Alguns se recusaram, outros a deram um desfecho incrível e o melhor, os que não queriam ler a princípio, se envolveram e compartilharam o que tinham escrito. Foi uma experiência ótima!

    ResponderExcluir
  2. Tenho trabalhado a Matemática de forma lúdica.sinto que os alunos se interessam mais. Uma experi~encia que dá certo é colocar aqueles alunos que sabem mais para ensinar os que tem dificuldades.

    ResponderExcluir
  3. Profª Maria Luiza
    Também trabalho com gupos de alunos monitores. Mas a formação da sala em circulo, em forma de seminário, com os alunos interagindo e debatendo um determinado assunto funciona e os alunos senten-se pertencentes do processo de ensino-aprendizagem.

    ResponderExcluir
  4. As atividades estão sendo desenvolvidas em parceria com a informática, as imagens relacionadas a patrimônio edificado, estão sendo salvas em pendrive, e cada aluno tem a responsabilidade de imprimi-la para aula seguinte.
    Estou procurando fazer uma interação na disciplina que aluno se sente mais a vontade em cumprir com as atividades propostas.

    ResponderExcluir
  5. Uma das atividades de informática realizadas durante esse mês , foi o uso de gráficos , Mini planilha , inserção de dados e as funcionalidades do programa.
    Cada aluno consultou seu boletim escolar pela internet no site da Educação e em seguida montaram o gráfico das notas do 1º e 2º bimestres. Essa atividade permitiu que os alunos fizessem uma análise melhor do seu desempenho.
    O interessante dessa atividade foi como eles próprios s interagiram e se propuseram a melhorar , outros ficaram felizes ao verem que suas notas melhoraram no 2º bimestre e que alcançaram alguns pontos a mais.
    Fiquei muito satisfeita com o resultado dessa atividade , pois todos os alunos do 9ºano participaram houve 100% de aprendizagem . E percebi que essa atividade foi muito significativa para eles.

    ResponderExcluir
  6. Vou compartilhar uma experiência com as turmas de 6ªs série.
    Leitura de uma Crônica:O Lixo-Luís Fernando Veríssimo.
    Trabalho em duplas.
    Primeiramente , conversei com eles sobre o título.Houve grande participação dos alunos, com várias indagações.
    Em seguida, expliquei que o texto estava com algumas partes suprimidas e que eles teriam que completá-las.
    Fizemos uma leitura compartilhada, onde todos foram completando o que estava faltando.
    Ao término da atividade, os alunos estavam curiosos para que eu fizesse a leitura original do texto.
    E ao terminar a leitura original, eles puderam comparar as duas versões. Acharam o máximo e fizeram a ilustração dos acontecimentos.
    Ressaltando a importância de se trabalhar em times ou em duplas.

    ResponderExcluir
  7. Professor Levi
    O diálogo para resolver conflitos (principalmente na 7ªB) é uma das mudanças que tenho realizado neste segundo semestre. Conversas em grupos ou em particulares, procurando ouvir os alunos e entende-lo nas suas particularidades e atitudes. Com essa ferramenta procuro orientar da melhor forma possível para que as aulas tornem-se um ambiente verdadeiramente efetivo de aprendizagem e desenvolvimento.

    ResponderExcluir
  8. Elisangela

    NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA EXISTE UMA TROCA DE EXPERIENCIAS ONDE O ALUNO COMPARTILHA COM OS COLEGAS E PROFESSORA SUAS VIVENCIAS SOBRE DETERMINADOS ASSUNTOS QUE SÃO TEMAS DA AULA,FAZENDO ASSIM UM AMBIENTE ONDE TODOS ESTÃO EM CONSTANTE APRENDIZAGEM.

    ResponderExcluir
  9. Profª Ivanilda

    Nesse semestre estou procurando deixar as aulas mais dinâmicas. Nas duas ultimas semanas trabalhei com os alunos da 8° A e C sobre a Mitologia Grega. Passei um documentário e logo em seguida o filme “Imortal” com o objetivo de utilizar uma “linguagem” mais próxima dos alunos.
    Depois fiz uma roda pra discutir, trocar informações a respeito do tema da aula. Percebi que muitos alunos conhecem a fundo não só a história dos deuses, mas a sua importância. E só sabem por que muitos desenhos e seriados americanos abortam essa questão.
    Pude constar que em alguns momentos não recorremos a esse tipo de material por termos um pré-conceito. Porque não damos mais a oportunidade do aluno se expressar e até mesmo trocarmos experiência, tanto que fiquei de procurar pra baixar um episodio de um seriado que eles me indicaram que conta como se deu o fim dos deuses... Para assistirmos juntos.

    ResponderExcluir

Após a leitura dos textos ou assistirem ao vídeo deixe a sua reflexão: