21 de mar de 2013

ATPC 21/03/2013


PROFESSORES!
Após a leitura do artigo definir:
a) Pedagogia da presença
b)Resiliência








http://www.pedagogiaemfoco.pro.br/fundam01.htm

4 comentários:

  1. A)PEDAGOGIA DA PRESENÇA

    Compreender a importância da presença no processo ensino-aprendizagem nos remete a buscar o significado de socialização e de presença. O primeiro conceito, na abordagem que recebe na área educativa, não pode ser considerado pelo grau de aceitação do indivíduo às normas da sociedade.
    Nos referindo em especial aos educadores e aos educandos, convém que estes sintam-se inconformados com a situação atual a ponto de querer mudar a realidade. E o conformismo só levaria à indignação calada e conseqüente estagnação para ambos. Segundo Costa (1995):
    B) RESILENCIA
    É a características próprias em cada pessoa e cada uma apresenta um ponto de vista, uma forma peculiar de perceber os acontecimentos à sua volta, ou seja, cada indivíduo tem a sua própria forma de interpretar o mundo. Costumamos chamar algumas pessoas de pessimistas e negativistas quando transformam em lamúrias os obstáculos que surgem, transformando-se em vítimas e requerendo a piedade. Esse sentimento muitas vezes contagiante é capaz de destruir qualquer chance de sucesso no desenvolvimento de atividades.
    Há pessoas às quais chamadas de otimistas. Estas sempre apresentam grande parcela de esperança e confiança na condução do processo de realização das atividades. Igualmente contagiante, esse sentimento é capaz de promover o êxito das ações.
    Os estudos sobre a resiliência ainda não apresentam precisão quanto a definir se algumas pessoas nascem com a resiliência ou se algumas situações vivenciadas influenciam no seu desenvolvimento nas pessoas. Entretanto, vários estudiosos estão investindo na capacidade de se promover a resiliência, obtendo resultados satisfatórios.
    Procuramos em alguns teóricos o que existia de comum em relação aos indivíduos considerados resilientes. Fadiman e Frager (1979) citam que Maslow designou "auto-atualizadoras" as pessoas que superaram sem traumas questões de grande sofrimento.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Rosangela
    Reziliência é a capacidade humana de ultrapassar as dificuldades que a vida nos dá, sem esmorecer nem quebrar e ela pode ser aprimorada, cultivada, depende de nós. Reziliência também se trata de uma tomada de decisão quando alguém depara com um contexto entre a tensão do ambiente e a vontade de vencer.Resumindo é uma combinação de fatores que propiciam ao ser humano condições para enfrentar e superar problemas e adversidades e penso que a Pedagogia da presença segue os mesmos parâmetros, pois necessita de socialização e presença, vontade de mudar , inovar, aprender.

    ResponderExcluir



  4. 1-) Pedagogia da presença


    Corrente segundo a qual o professor tem de estar sempre junto do aluno para que o aprendizado aconteça. A origem dessa idéia está ligada principalmente ao ensino religioso proposto pela ordem dos maristas e por salesianos, na qual os estudantes têm autonomia para falar, participar, sugerir, mas tudo dentro de uma organização, de disciplina. A presença está vinculada ao sentido de disciplina preventiva, que implica “estar, estar próximo, estar com alegria, sem oprimir nem inibir; saber afastar-se no momento oportuno, encorajar a crescer e a agir com liberdade e responsabilidade”.

    O sentido da pedagogia da presença apresenta um conteúdo de relação muito amplo e que deve conter em seu bojo sentimentos de afeto, ternura, compreensão, doação e aceitação. Do ponto de vista da pedagogia da presença o tipo de relação educador-educando é alicerçada na reciprocidade


    2-) Resiliência
    .


    A resiliência é um conceito psicológico emprestado da física, definido como a capacidade de o indivíduo lidar com problemas, superar obstáculos ou resistir à pressão de situações adversas - choque, estresse etc. - sem entrar em surto psicológico. No entanto, Job (2003), que estudou a resiliência em organizações, argumenta que a resiliência se trata de uma tomada de decisão quando alguém depara com um contexto entre a tensão do ambiente e a vontade de vencer. Essas decisões propiciam forças na pessoa para enfrentar a adversidade. Assim entendido, pode-se considerar que a resiliência é uma combinação de fatores que propiciam ao ser humano condições para enfrentar e superar problemas e adversidades.

    Atualmente resiliência é utilizado no mundo dos negócios para caracterizar pessoas que têm a capacidade de retornar ao seu equilíbrio emocional após sofrer grandes pressões ou estresse, ou seja, são dotadas de habilidades que lhes permitem lidar com problemas sob pressão ou estresse mantendo o equilíbrio
    Em ciências humanas representa a capacidade de um indivíduo, mesmo num ambiente desfavorável, construir-se positivamente frente às adversidades.
    Desenvolver a resiliência em um grupo, consiste conhecer a sua história, procurar analisá-lo no contexto, para então intervir de maneira apropriada, buscando as razões capazes de motivá-lo e fortificá-lo.

    Vários estudos revelam que a partir da promoção da resiliência as pessoas apresentam: capacidade de resolver problemas, autonomia, controle interno, boa auto-estima, empatia, desejo e capacidade de planejamento e senso de humor

    ResponderExcluir

Após a leitura dos textos ou assistirem ao vídeo deixe a sua reflexão: